segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Trombo venoso


Os trombos podem se desenvolver em qualquer parte do sistema cardiovascular(p.ex., nas câmaras cardíacas,nas válvulas ou nas artérias,veias ou capilares).O tamanho e a forma do trombo dependem do local e da origem da causa.       
      O trombo venoso é responsável por causar a flebotrombose(trombose venosa).É  quase que invariavelmente oclusivo, formado ao longo do trajeto do lúmen.Como esses trombos formam-se na circulação lenta ,ele tendem a conter mais eritrócitos(e relativamente poucas plaquetas) e ,portanto ,são conhecidos como trombos vermelhos ou de estase.
        Fonte : Robbins & Cotran - Patologia : Bases Patológicas das Doenças - 8ª ed.

Aumento de 4x
Notar na imagem pode se observar um trecho do reto(seta azul),transição(círculo azul) e ânus(seta preta).Na submucosa nota o plexo hemorroidário com muita veias trombosadas(estrelas).

 Aumento de 10x
Nesta imagem percebe a mucosa retal,apresentando epitélio cilíndrico simples(seta azul),criptas(seta amarelas) e glândulas de Lieberkünh(seta preta) .


Aumento de 10x
Nesta imagem nota-se o epitélio de revestimento do ânus – epitélio estratificado pavimentoso – círculo azul.

Aumento de 4x
Nesta imagem nota-se uma veia trombosada(círculo) riquíssima em hemácias(estrelas).

 Aumento de 10x
Em maior aumento nota-se a vermelhidão do trombo com a grande concentração de hemácias(estrelas).


Aumento de 40x
Nesta imagem nota-se a grande quantidade de hemácias(círculos pretos) e presença de hemossiderina(cabeças de seta).


Aumento de 10x
Área de edema(círculo) devido a presença de inúmeros vasos congestos(cabeças de seta) na submucosa anorretal .

Nenhum comentário:

Postar um comentário